Riotur divulga agenda do Carnaval e espera 2 milhões de turistas

 

Por David Júnior

Cenário ideal para a folia, o turismo carioca segue em alta neste Carnaval. Dados atuais da Hotéis Rio apontam ocupação média de 82,5%, um aumento de 4,5 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado. A projeção é que a rede hoteleira carioca tenha 100% dos leitos ocupados durante o Carnaval.

Para garantir a programação dos 7 milhões de foliões, sendo 2 milhões de turistas esperados para curtir a maratona carnavalesca, a cidade promoverá uma agenda ativa durante os dias de folia. A preparação da Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, para o evento, incluiu ainda a reforma do Sambódromo, um calendário estendido de 50 dias para o Carnaval Rio 2020, o investimento nos desfiles da Estrada Intendente Magalhães, o incremento da estrutura médica e a modernização do sistema de registro para os blocos de rua.

Agenda intensa

A agenda conta com 441 desfiles; seis dias de desfile de escolas de samba na Marquês de Sapucaí; cinco dias de desfiles de escolas de samba e blocos de enredo na Estrada Intendente Magalhães; 76 bailes populares, incluindo o tradicional Baile da Cinelândia; oito dias de show no Terreirão do Samba, além dos concursos oficiais, como o do folião original e o de banda, blocos de embalo e enredo na Avenida Chile.

O presidente da Riotur, Marcelo Alves, afirmou que o Rio está pronto para a folia. “Estamos trabalhando em um Carnaval grandioso. Esperamos 2 milhões de visitantes para aproveitar os mais de 400 desfiles de blocos de rua. Só neste último fim de semana, de 7 a 9 de fevereiro, 270 mil foliões curtiram o pré-carnaval. Se comparado a 2019, no mesmo período, o número triplicou. Isso mostra o sucesso que é o nosso Carnaval! E não para por aí: ainda temos os desfiles das escolas de samba em um novo Sambódromo, completamente reformado para receber o Maior Espetáculo da Terra, e os desfiles na Intendente Magalhães. Estamos preparados, de braços abertos para apresentar as maravilhas e a alegria da nossa cidade.”

Fonte.:  www.revistacarnaval.com.br