Livro que inspirou enredo da Portela terá novo lançamento em Botafogo, nesta segunda-feira

 

Sessão de autógrafos será acompanhada de bate-papo entre o autor Rafael Freitas da Silva, o jornalista Aydano André Motta e a carnavalesca Márcia Lage

O livro "O Rio Antes do Rio", que inspirou o enredo da Portela de 2020, terá sua quarta edição lançada nesta segunda-feira (10), na Blooks Livraria, em Botafogo, às 19h. Além da sessão de autógrafos, o público poderá acompanhar um bate-papo entre o autor Rafael Freitas da Silva, o jornalista Aydano André Motta e a carnavalesca Márcia Lage. O tema será "heranças ameríndias: festas, rituais, gentes e costumes que marcaram a construção do território carioca".

No dia 1º de fevereiro, Rafael Freitas da Silva autografou o livro na quadra da Portela, em Madureira, e recebeu o carinho de torcedores da agremiação e membros da diretoria. "O Rio Antes do Rio" serviu como base para a criação do enredo "Guajupiá, Terra Sem Males", desenvolvido por Renato Lage e Márcia Lage.

Sucesso de crítica e publicado pela primeira vez em dezembro de 2015, no calendário das comemorações dos 450 anos da cidade, a obra teve três edições em pouco mais de um ano. Agora ganha novo projeto gráfico com conteúdo revisto e ampliado, com lançamento pela Relicário.

Houve um tempo em que todo dia era dia de índio, como diz a música. E como era o Rio de Janeiro nessa época? Era o que, desde pequeno, se perguntava o jornalista Rafael Freitas da Silva. O resultado de tamanha curiosidade está no livro.

Rafael segue em busca de uma história esquecida, de relíquias e pistas antes consideradas maluquices ou lendas, e parte, sobretudo, de uma constatação de que muito pouco se conhece sobre as origens da Cidade Maravilhosa. 

No primeiro capítulo, o autor retrata como era a vida de um homem e de uma mulher no Rio de Janeiro "dos rios de águas transparentes e das florestas que avançavam sobre o mar". No segundo, traça um panorama informativo sobre os nomes das aldeias e os morubixabas (caciques) que governaram a Guanabara desde os tupis que lá chegaram, há cerca de 2 ou 3 mil anos. Assim, foi preciso considerar o Rio não nos limites da cidade de hoje, e sim na sua composição índígena, que transbordava para a Baixada Fluminense, a baía de Sepetiba e os municípios que ficavam no caminho para a Região dos Lagos.

Rafael recompõe a história do Rio no terceiro e quarto capítulos com informações que ajudam a entender as origens da fundação da cidade de maneira mais completa. "Para que a história se tornasse mais saborosa aos leitores, enfatizei as aventuras e sagas que eclodiram na formação e conquista da cidade de São Sebastião", diz.

A Blooks Livraria fica na Praia de Botafogo, 316, dentro do Espaço Itaú de Cinema. A entrada para o evento é franca.


Foto: Diogo Xavier
Legenda: Autor Rafael Freitas da Silva lançou 'O Rio Antes do Rio' na quadra da Portela, no dia 1º de fevereiro

 

Fonte.:  www.gresportela.com.br