Filme produzido no projeto Por Telas ?? premiado no Cine PE 2019

 

O filme "#Procura-se Mulheres", de Rozzi Brasil, foi premiado na categoria Melhor Edição de Som, na mostra competitiva de curta-metragens nacionais do Cine PE 2019. A lista dos vencedores da 23ª edição do tradicional festival foi anunciada no último domingo (4), no histórico Cinema São Luiz, no Recife.

Fruto da oficina de audiovisual Por Telas, realizada pela produtora Canto de Sala e pela Portela em 2018, o filme exalta a força feminina no samba e a luta contra o preconceito. Daniel Tavares, o Jack, integrante do corpo docente da oficina, foi o responsável pela captação de som direto, mixagem e edição de som do curta premiado com o Calunga.

Além de Rozzi Brasil, que foi aluna do projeto, "#Procura-se Mulheres" destaca, entre outros nomes, a cantora Ana Quintas, as compositoras Dayse do Banjo e Meri de Liz, a percussionista Ju Procópio e a ex-vereadora e presidente da Unidos de Vila Isabel, Lícia Maria Caniné, a Ruça.

Pioneiro no universo das escolas de samba, o projeto social Por Telas foi lançado em abril do ano passado, quando a Portela completou 95 anos. A primeira turma reuniu 22 moradores de Madureira e bairros vizinhos em aulas de cinema realizadas entre maio e agosto, duas vezes por semana, na quadra, sob o comando do cineasta André da Costa Pinto e idealização da produtora cultural Cecília Rabello.

Outros dois curtas foram produzidos: "Um Craque Esquecido", de Ygor Lioi; e "Do Samba ao Sample: Entre Duas Culturas", de Ruan Lucena. Desde então os três filmes já foram exibidos em universidades, cineclubes, eventos na Portela e até no Museu de Arte do Rio (MAR). Outra grande vitória do projeto foi a seleção de "Um Craque Esquecido" para a mostra competitiva do CINEfoot 2018.  

Confira a lista completa dos vencedores do Cine PE 2019:

PRÊMIO CANAL BRASIL

Melhor Curta - Apneia (PR)

 

PRÊMIO DA CRÍTICA - ABRACCINE

Melhor Curta Nacional - A Pedra (RS)

Melhor Longa-Metragem - Espero Tua (Re)Volta (SP)

 

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS

Melhor Filme - Coleção

Júri Popular - Mulheres de Fogo 

Melhor Direção - André Pinto e Henrique Spencer (Coleção)

Melhor Roteiro - André Pinto (Coleção)

Melhor Fotografia - André de Pina (Quando A Chuva Vem)

Melhor Montagem- Paulo Leonardo (Quando a Chuva Vem)

Melhor Edição de Som - Alisson Santos (Quando a Chuva Vem)

Melhor Direção de Arte - Jefferson Batista (Quando a Chuva Vem)

Melhor Trilha Sonora - Miguel Guerra (S/N (Sem Número))

Melhor Ator - Jorge de Paula (Coleção)

Melhor Atriz - Hermínia Mendes (Coleção)

 

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS

Melhor Filme - (Cor de Pele)

Júri Popular - (Tommy Brilho)

Melhor Direção - Carlos Nigro (Casa Cheia)

Melhor Roteiro - Faustón da Silva (A Margem Do Universo)

Melhor Fotografia - Gustavo Serrate (A Margem Do Universo)

Melhor Montagem - Yan Motta (Cor de Pele)

Melhor Edição de Som - Daniel Tavares (Jack) (#Procuram-se Mulheres)

Melhor Direção de Arte - Helga Queiroz (Casa Cheia)

Melhor Trilha Sonora - Bruno Vieira Brixel (Vivi Lobo e o Quarto Mágico)

Melhor Ator -  Felipe Kannenberg (A Pedra)

Melhor Atriz - Petra Sunjo (A Margem Do Universo)

 

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS

Melhor Filme - Espero Tua (Re)Volta

Júri Popular - Abraço

Prêmio especial do Júri - Vidas Descartáveis 

Menção honrosa - atrizes Izabel Santos e Rita Maia, do filme Abraço

Melhor Direção - Marcelo R. Faria e Rafael Moura (Teoria do Ímpeto)

Melhor Roteiro - Eliza Capai (Espero Tua (Re)Volta)

Melhor Fotografia - André Carvalheira - Xará (Teoria Do Ímpeto)

Melhor Montagem - Eliza Capai e Yuri Amaral (Espero Tua (Re)Volta)

Melhor Edição de Som - Simone Petrillo e Cristiano Scherer (O Corpo é Nosso)

Melhor Direção de Arte - Patrícia Nunes (Um e Oitenta e Seis Avos)

Melhor Trilha Sonora - André Abujamira e Eron Guarnieri (Abraço)

Melhor Ator - Adriano Barroso (Teoria Do Ímpeto)

Melhor Atriz - Giuliana Maria (Abraço)

Melhor Ator Coadjuvante - Pablo Magalhães (Teoria do Ímpeto)

Melhor Atriz Coadjuvante - Débora Duarte (Um e Oitenta e Seis Avos)

 

>>> LEIA ENTREVISTA COM ROZZI BRASIL NO CINE PE

>>> CONFIRA CRÍTICA DO FILME

Foto: Divulgação
Legenda: Rozzi Brasil, que foi aluna do Por Telas, exibe o prêmio conquistado no CINE PE 2019

Fonte.:  www.gresportela.com.br