A todo vapor! Escolas do Grupo Especial tocam os trabalhos na Cidade do Samba

Redação Carnavalesco

Site CARNAVALESCO ouviu todas agremiações e informa o que já foi feito até agora visando os desfiles do ano que vem

As escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro puderam voltar aos trabalhos na Cidade do Samba, no fim de julho, quando o local foi desinterditado. Porém, foi a verba dada pela TV Globo que acionou o botão de produção do Carnaval de 2022. O site CARNAVALESCO ouviu todas agremiações e informa o que já foi feito até agora visando os desfiles do ano que vem. Confira abaixo.

VIRADOURO

A atual campeã do Grupo Especial, afetada por um incêndio em abril de 2020 no barracão, já finalizou toda reforma do espaço. Os protótipos das fantasias já foram feitos e a dupla de carnavalescos, Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon, trabalha na fase de reprodução das fantasias.

GRANDE RIO

Em setembro, as alegorias foram retiradas e o barracão foi lavado. “Aqui na escola, particularmente, sentimos que essa limpeza renovou a energia do lugar depois de tanto tempo com tudo parado e empoeirado. Voltamos a ter um sentimento de esperança”, disse o diretor de barracão Sylvio Baptista. Além disso, a escola inicou o processo de desmontagem das alegorias. Agora, o processo é de confecção dos protótipos das fantasias e que terminará no fim do mês.

MOCIDADE

A verde e branco da Zona Oeste fez em setembro a limpeza do barracão. A agremiação também já realizou a pesquisa dos tecidos. O carnavalesco Fábio Ricardo já desenhou e projetou o desfile. Agora, a fase é de reprodução dos protótipos das fantasias.

BEIJA-FLOR

A azul e branco fez em setembro a limpeza do barracão e o desmonte das alegorias. Todos os desenhos já estão prontos e a reprodução dos protótipos começa no dia 15 de outubro. A escola já iniciou o processo de ferragem das alegorias.

SALGUEIRO

A vermelho e branco fez em setembro uma grande limpeza do barracão, além do desmonte das alegorias. O momento agora é de reprodução dos protótipos das fantasias.

MANGUEIRA

Os carros de 2020 começaram a ser desmontados em setembro, quando foi feita a limpeza do espaço. As fantasias estão na fase de protótipos e as alegorias em desenho.

PORTELA

A maior campeã do carnaval carioca, realizou a limpeza do barracão em setembro e o desmonte das alegorias. A dupla de carnavalescos Renato e Márcia Lage já finalizou a produção dos protótipos das fantasias e agora caminha para a etapa de reprodução.

VILA ISABEL

Ao longo de três semanas, em setembro, a escola limpou e reorganizou o barracão. Depois, fez o desmontagem das alegorias e já trabalha nos carros alegóricos para 2022. Os protótipos já foram feitos e a escola está na fase de reprodução das fantasias.

UNIDOS DA TIJUCA

A escola fez em setembro a limpeza do barracão. O carnavalesco Jack Vasconcelos e sua equipe já estão trabalhando no início da reprodução das fantasias e todas alegorias de 2020 já foram desmontadas.

SÃO CLEMENTE

A escola fez em setembro a limpeza do barracão e começou o desmonte das alegorias. O carnavalesco Tiago Martins trabalha na produção dos protótipos das fantasias.

PARAÍSO DO TUIUTI

Os carros alegóricos do último desfile foram desmontados essa semana. Ao mesmo tempo, a escola iniciou a confecção dos protótipos de fantasias da festa de 2022. Já a limpeza geral do barracão, na Cidade do Samba, ocorreu ao longo do mês de agosto. Foram feitas: limpeza de todos os andares, incluindo o térreo; e desinfecção de todas as dependências seguindo os protocolos sanitários contra o Coronavírus.

IMPERATRIZ

De volta ao Grupo Especial, a Imperatriz Leopoldinense já desmontou todas suas alegorias. A verde e branco também já iniciou o processo de reprodução das fantasias. Na próxima segunda, dia 11 de outubro, a escola começou a soldar a primeira alegoria.

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br